Um breve olhar sobre a relação odontologia e autismo: uma proposta diferenciada

Marca: Editora Kiron


Não disponível

O estudo da relação Odontologia e o Autismo é uma interação complexa, devido às dificuldades caracterizadas pelo próprio transtorno. Atualmente, o consenso das pesquisas aponta para uma condição da anatomia cerebral e da genética. Ou seja, um transtorno do neurodesenvolvimento. Os critérios básicos para o diagnóstico para o Transtorno do Espectro Autista (TEA) são: déficits de interação social, dificuldades de comunicação e linguagem, estereotipias e comportamentos repetitivos, falha na percepção motora, além de interesses específicos. Estas características são mais acentuadas no TEA grave que é o núcleo de estudo desta publicação na relação com a Odontologia.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira os produtos