Editora Kiron
Product ID: 981
Product SKU: 981
New In stock />
Ainda há o bem: manifestos de um dependente químico

Ainda há o bem: manifestos de um dependente químico

Marca: Editora Kiron


De R$ 70,00
Por:
R$ 39,90
Economize  R$ 30,10

ou 12x de R$ 4,12 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Esta é uma história de ficção. Ou não. A narrativa ora se sustenta na arte de inventar história, ora na arte de biografá-la. No caso deste livro, as duas coisas se justapõem de tal maneira que o leitor não sabe o que é ou não ficção. E para ele, o leitor, a bem da verdade, identificar no texto o que foi criado e o que foi biografado não faz diferença, pois a história é tão poderosa que exprimi com precisão a realidade de muitos dependentes químicos. Uma realidade crua, dolorosa, difícil - guerra cujos vencedores, infelizmente, não são a maioria.

Baseado em fatos reais, este romance - uma declaração adicta - é o manifesto daquilo que o protagonista Fabiano Bartolomeu viveu desde que sua vida passou a ser orientada pelas drogas. Maconha, ecstasy, cocaína, crack, álcool. Poucas são as substâncias às quais não tenha se entregado de corpo e alma. Especialmente alma, quando o mal, não raras as vezes, foi seu companheiro.

Há conflitos angustiantes do personagem no que diz respeito às suas privações. Embates dele com sua mente doentia - que só se acalmava com remédios - certamente chocarão o leitor. Mas também existe na obra um manifesto que ultrapassa as angústias, que amansa as dores, e que concede a todos os que mergulham nestas páginas momentos de beleza e lirismo. Sibila, mulher de Fabiano; Davi, seu filho; o papel dos pais e o apoio dos amigos asseguram à narrativa cenários esperançosos.

Conforme relata o personagem Fabiano, - Ainda que o mal tenha jogado dados comigo, ou que a minha vida tenha se enamorado de vícios e insanidades, escrever é o caminho que sigo para afastar o pesar. As palavras, ao fim de tudo, são a melhor forma de dizer a todos que, apesar das loucuras - ah, e quantas coisas loucas eu fiz! -, no que resta de mim, ainda há o bem?.

Entre perdas e ganhos, as palavras redigidas nos Cadernos da clínica foram mais poderosas do que o vício. Apesar do mal que este personagem causou a si mesmo e aos outros, ao fim de tudo, o bem foi maior.

Por isso, este livro, que é dividido em Antes (o período no qual Fabiano levava seus dias à base de entorpecentes), Durante (os dias de internação na clínica de recuperação), e Depois (a etapa do pós-tratamento), traz em sua essência a regeneração e o restabelecimento da vida. Uma vida pautada na fé, na família e no amor.

Clique aqui para uma degustação deste título

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

    Confira os produtos