Livraria Kiron

Skip to Main Content »

 
Carrinho de Compras (0 item)
Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

You're currently on:

Chagas: uma ficção científica

Chagas: uma ficção científica

Antonio Teixeira

Disponível: Em estoque

-
+
R$59,00

Intenso clamor social permeia a história de menino órfão aos quatro anos de idade que, aos dez anos, fugiu do colégio ao encontro de sua mãe que estaria sob o risco de ser assaltada pelos famintos escravos alforriados. O episódio revelou o jovem forjado no amor solidário, na azáfama de sua gente envolvida pelo mistério que esfriava o vivente sem chance de despedida. Carlos Chagas enredou-se no mistério da morte e descobriu a tripanossomíase americana que depois foi denominada doença de Chagas.

 

Intenso clamor social permeia a história de menino órfão aos quatro anos de idade que, aos dez anos, fugiu do colégio ao encontro de sua mãe que estaria sob o risco de ser assaltada pelos famintos escravos alforriados. O episódio revelou o jovem forjado no amor solidário, na azáfama de sua gente envolvida pelo mistério que esfriava o vivente sem chance de despedida. Carlos Chagas enredou-se no mistério da morte e descobriu a tripanossomíase americana que depois foi denominada doença de Chagas.

Nos estertores do século XIX, a jovem República vivia período de grande efervescência política pós-queda do Império. As questões sociais assumiam importância crescente no ideário de mentes privilegiadas que escreviam livros épicos com chamamentos à valorização da cultura autóctone, fortalecimento da identidade nacional. Nessa atmosfera de clamor cívico, deu-se a descoberta da tripanossomíase americana no recém-criado Instituto de Manguinhos, depois denominado Instituto Oswaldo Cruz. Foi criada a Liga Pró-Saneamento do Brasil, e a doença de Chagas, a malária e a ancilostomose foram consideradas as endemias que deveriam ser combatidas. A ideia ecoou profundamente no imaginário modernista, e o movimento revolucionário levou o Estado a assumir obrigação com a saúde e a escola pública, e foram criadas universidades. Entretanto, na escassez de homens e livros para a formatação de novo modelo de ensino, foi transferida para a escola pública a cultura escolástica, sedimentada em quatro séculos de colonização. O sistema educacional restringe os educandos aos saberes do passado, e prevalecem o temor de questionamento e a baixa criatividade. Nesse sistema educacional, implantou-se a ciência experimental que segue descrita neste épico dos grandes feitos brasileiros.

O ensaio tem como motivo condutor a educação, a saúde, o bem-estar e a justiça, componentes do sonho vivido pelo cientista, e a narrativa tem o sertão apreciado como vontade de representação. O leitor penetra no encanto do amor à ciência prestes à realização, e a história enleva sempre que representada no palco da vida.

Informação Adicional

ISBN 978-85-8113-607-3
Peso (Kg) 0.6500
Comprimento (cm) 23
Largura (cm) 16

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

  • Fale conosco (61) 3563 5048
Localização

Endereço: C1 Lote 1/12 - Taguatinga Centro - DF

Email: sac@editorakiron.com.br

Fone: (61) 3563 5048